A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal vai divulgar a abertura de concurso público (Concurso ADASA DF) em breve para pelo menos 25 vagas. O certame, que será o primeiro da história, tem expectativa de abertura no decorrer do ano, já que está incluso no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017, já sancionada pelo governador.
O órgão já conta com comissão responsável instituída desde 2 de junho pelo presidente do órgão, Paulo Salles. No último dia 15 de setembro, a Agência divulgou uma resolução dos próximos cargos para ser certame. De acordo o documento, serão oferecidas vagas para para regulador e técnico em regulação, nas mais diversas especialidades para nível superior. Já para técnico, o requisito será apenas o nível médio completo. Para regulador o certame reservará chances para candidatos com nível superior em qualquer área, além das especialidades de Engenharia Civil, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Florestal, Geologia, Economia, Contabilidade e Direito e Legislação.
 
O Concurso ADASA DF 2017
O certame já vem sendo aguardado desde 2013, quando o então governador, Agnelo Queiroz, sancionou a Lei 5.427, que cria 123 vagas para preenchimento por meio de concurso público. Apesar disso a proposta para 2017 contempla apenas 25 vagas.
As oportunidades devem ser divulgadas para nível médio e superior. Os salários chegam a R$ 3.650 e R$ 8.400, respectivamente, por até 40 horas semanais.
O cargo de Regulador requer diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em nível superior, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. O cargo deverá planejar, coordenar, controlar, avaliar e executar atividades de regulação, fiscalização e controle dos recursos hídricos e dos serviços públicos de saneamento básico, incluindo abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, drenagem e manejo de águas pluviais, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; gás canalizado; energia elétrica, entre outras tarefas.
Já o cargo de Advogado exige graduação em direito com registro na Ordem dos Advogados do Brasil. O cargo deverá planejar, coordenar, controlar, avaliar e executar atividades referentes a estudos, pesquisas e orientações de atos relacionados às questões de recursos hídricos e prestação de serviços públicos regulados pela ADASA; representar a ADASA em juízo, ativa ou passivamente, nas ações ou feitos, praticando todos os atos necessários à defesa dos interesses da Instituição; realizar estudos e pesquisas jurídicas para subsidiar decisões da alta administração; participar de programas de treinamento; assessorar em atividades específicas de Direito; executar outras atividades de interesse da área.
Por fim, os técnicos deverão ter apenas certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio dos sistemas de ensino. Eles serão responsáveis por executar atividades de suporte técnico na área de regulação de recursos hídricos e de serviços públicos regulados pela ADASA; participar de ações fiscalizadoras; executar atividades de suporte administrativo tais como: pesquisa e planejamento, recursos humanos, orçamento, finanças, patrimônio, material, logística, entre outras atribuições.
 
Sobre a ADASA
As atividades de saneamento básico do Distrito Federal começaram com a construção da capital, quando foi criada a Divisão de Água e Esgotos, vinculada à Novacap. Logo foi implantado o primeiro sistema, o Catetinho, para abastecimento dos canteiros de obras e núcleos onde moravam os trabalhadores que construíam a nova capital. À medida que prosseguiam as obras de implantação da capital, foi concebido e construído o sistema Torto. Posteriormente, o sistema foi ampliado para Santa Maria e Torto, projetado para abastecer todo o Plano Piloto e os órgãos da administração federal. Em 1959, a Divisão transformou-se em Departamento de Água e Esgoto. Com o crescimento da cidade, os serviços públicos – como energia elétrica, saneamento e telefonia – foram constituídos como autarquias, ainda vinculadas à Novacap, mas com autonomia administrativa. Na área de saneamento foi criado o Serviço Autônomo de Água e Esgoto do DF, em 1964. Sua vida, no entanto, foi curta, pois logo a Novacap decidiu transformá-lo novamente em Departamento de Água e Esgoto.
 
Fonte: http://noticiasconcursos.com.br/concurso-adasa-df-2017-2018/
 

Nossa localização